um jeito criativo de presentear

Quando você presenteia com uma peça feita à mão, você está presenteando com mais carinho !

A peça será personalizada para aquela pessoa, e quer mais especial do que isso? 
Um presente pensado em detalhes?

E se sorrir não for o melhor remédio, com certeza ajuda a melhorar o dia de todo mundo! Pensando assim, foram criadas as linhas:
 minime na lata
 minime em conserva 
 minime mala








MINIME NA LATA
Para algumas situações onde só falando 'na lata' mesmo rs
Quem está precisando receber um recado assim por aí?
Hum...quem lê suas mensagens no whatsapp e não responde? Só uma ideia rs
na lata, na gíria popular = na cara
Sobre a peça:
- Bonequinho (a) de madeira  com 5 cm de altura (chaveiro)
- Pode ser personalizado: cor da pele/cabelo/roupas
- Lata (branco ou natural) + plástico
- Acompanha tag circular de madeira (marcador de livro) combinando com a camisa. No verso ainda pode 'falar mais'





MINIME EM CONSERVA
Sabe quando alguém diz...
'Vou guardar você em um potinho só para mim, para que fique por perto  perto e para sempre' ? Agora você pode fazer isso!
Quem você colaria em um potinho?
Sobre a peça:
- Bonequinha (o) de madeira com 6 cm de altura
- Pode ser personalizado: cor da pele/cabelo/roupas/frase*
- A conserva: pote de vidro com tampa de cortiça






MINIME MALA
Aposto que você conhece alguém 'mala'...
Mas calma, tô falando do 'mala do coração' :)
Aquela com alça e rodinha, tranquila de levar...no coração!
Que vive insistindo para você fazer a maratona da série preferida dela.
Que resolve comer um brigadeiro na sua frente, quando você começa a dieta.
 Que onde chega, já pergunta a senha do wifi!
Quem é a sua - ou seu - malinha do coração?
Sobre a peça:

- Bonequinho (a) de madeira com 6 cm de altura (chaveiro c/ pingente coração)
- Pode personalizar: cor da pele/cabelo/roupas/frase*
- Malinha: plástico (preto ou branco) com transparência



* para frases, consulte a disponibilidade x espaço disponível para escrever






sobre os nomes

'na lata' na gíria popular = na cara

pessoa 'mala' na gíria popular aqui na minha terrinha/RJ rs = pessoa chata
por isso falam, 'mala sem alça = difícil de carrega
mas as 'malas legais' tem rodinha e alça